terça-feira, 15 de junho de 2010

Andrômeda

http://3.bp.blogspot.com/_nfsJ1!Jt )H54RUh6_pi/I AAAAAAA2U/2NSk9oDbEEc/s400/Perseus_e_Andromeda_thumb.jpg

Na Mitologia grega, Andrômeda era o nome da filha de Cefeu e Cassiopeia, Rei e Rainha do reino Fenício da Etiópia. Sua mãe Cassiopeia uma vez disse que ela era mais bonita que as Nereidas, Ninfas, filhas do deus Nereu que geralmente é visto acompanhando Poseidon. Para punir a rainha pela sua arrogância, Poseidon irmão de Zeus e deus do Mar, enviou um monstro marinho, Cetus para atacar a costa da Etiópia e o reino da rainha vaidosa. O rei desesperado consultou Ammon o oráculo de Zeus, que anunciou que não haveria paz enquanto o Rei não sacrificasse a sua filha virgem Andrômeda para o monstro. O rei não teve outra escolha a não ser sacrificar a filha, e Andrômeda foi acorrentada em um rochedo para que ela fosse devorada. Perseu, retornando após ter assassinado a górnona Medusa, encontra Andrômeda e mata o monstro Cetus. Libertou-a, e se casou com ela, apesar de Andrômeda tendo sido prometida anteriormente a Phineus. No casamento, realizou-se uma desavença entre os rivais, e Phineus foi transformado em pedra por ter visto a cabeça da Górgona. Andrômeda seguiu o marido para Tirinto, em Argos e juntos eles se tornaram os ancestrais da família Perseida através da linha de seu filho Perses. Perseus e Andrômeda tiveram seis filhos: Perseides, Perses e Alceu de Mitilene, Heleus, Mestor, Estênelo e Electrião, e uma filha, Gorgophone. Os seus descendentes governaram Micenas do baixo electrião até Euristeu. De acordo com a mitologia, Perses é o antepassado dos persas. Após sua morte, ela foi colocada por Atena entre as constelações no céu do norte, perto de Perseu e Cassiopeia. Sófocles e Eurípides (e, em tempos mais modernos Corneille) descrevem a história como uma tragédia. A história está representada em numerosas obras de arte antiga.

http://4.bp.blogspot.com/_hDBES8m_YqI/SDQIFZXErpI/AAAAAAAAAOg/xEjPm85P82c/s400/Perseus_Andromeda_Puget_Louvre_MR2076.jpg

Nenhum comentário:

Postar um comentário